Registrar-se

Reflexões Diárias Dia 18

 

“A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela.” João 1.5

Um dos maiores desafi os para a igreja do Senhor Jesus hoje é ser igreja fora da igreja. Ser igreja que desenvolve ações a fim de que realidades tenebrosas sejam alcançadas pela luz. Esta compreensão me fez sentir profundamente incomodado com a cracolândia, uma das mais contundentes manifestações das trevas que já presenciei em minha caminhada cristã. Só sabe de fato o que é a cracolândia quem a visita. Além da tragédia da dependência do crack, os
problemas derivados desta dependência também são trágicos. Em geral, os que vivem na cracolândia perderam o contato com família, com amigos, vivem na mais absoluta falta de higiene, em promiscuidade sexual, em estado de subnutrição, e quase que com pletamente esvaziados de autoestima. A cracolândia de São Paulo fi ca perto da Primeira Igreja Batista. Pela graça de Deus, temos um templo confortável e bem equipado para a adoração. Também somos uma igreja muito rica em talentos humanos, o que faz com que as nossas celebrações sejam inspiradoras, e o que é o mais importante, marcadas pela nítida presença do Espírito de Deus.
Por que estou dizendo isso? Porque não podíamos conviver como manifestação da luz (a igreja) lado a lado com uma manifestação das trevas (a cracolândia), e permanecermos apáticos. Então, como igreja de Cristo, começamos a orar pela cracolândia. Mas também começamos a orar para que Deus nos desse uma visão do que poderíamos fazer para que aquele estado de degradação fosse revertido em bênção. Como igreja, começamos a repetir em nossos cultos o slogan “A cracolândia vai virar Cristolândia”.
Passados quase nove anos desde que o projeto Cristolândia foi iniciado, e não mais um projeto apenas da Primeira Igreja em São Paulo, mas com a ampla participação dos Batista Brasileiros por meio da Junta de Missões Nacionais, já são milhares de vidas resgatadas por Cristo. Oremos pelas cracolândias espalhadas pelo Brasil. Mas também oremos para que as nossas igrejas sejam sensibilizadas por estas manifestações cruéis do inferno, e desenvolvam ações que alcancem as vidas inseridas neste estado trágico de existência. Assim sendo, a luz de Cristo brilhará nas trevas, e as trevas não prevalecerão contra ela. Um dos maiores desafios para a igreja do Senhor Jesus hoje é ser
igreja fora da igreja.

Paulo Eduardo Gomes Vieira
Pastor da Primeira Igreja Batista de São Paulo (SP)
youtube30x30 m3-a facebook m3-a vimeo m3-a twitter m3-a podcast m3-a rss
Home | Sobre Nós | Contato
Copyright 2017 - Primeira Igreja Batista de Petrópolis, todos os direitos reservados
Endereço: Rua Paulo Babosa nº 95 - Centro - Petrópolis/RJ - CEP. 25.620-100
Tel.: (24) 2246-0951 - pibpetropolis@pibpetropolis.com.br
Confins da Terra