Registrar-se
REINÍCIO   

    Alguns anos se passaram, e aqui veio residir o casal Alberto Rodrigues de Oliveira e sua esposa D. Julia Blanco de Oliveira, membros da Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro. Em 1923, veio para Petrópolis o Dr. Deoclécio Teixeira de Abreu, cirurgião dentista que, sendo membro da mesma igreja e amigo do casal acima referido, oferecia a oportunidade de se fundar na cidade das hortências um ponto de pregação batista.
     Aliás, outra não era a aspiração do casal que logo ofereceu uma sala de sua residência, na Rua Paulo Barbosa, nº 46, para esse fim.
     O dentista era ardoroso pregador leigo, além do que, não perdia oportunidades no trabalho de evangelização pessoal. Dizem os que o conheceram, que todo o cliente que entrasse em seu gabinete dentário, tinha de ouvir algo a respeito do Evangelho. O primeiro culto, nesse ponto de pregação, aconteceu em 10 de fevereiro de 1924, às 18:00h de um domingo, sendo pregador o Dr. Deoclécio Teixeira de Abreu. Assim, ficou definitivamente organizado o trabalho aos domingos, e também às quintas-feiras às 19:00h.
    Desejando, porém, aqueles irmãos dar mais expansão à obra, consultaram o Dr. A. B. Christie, então missionário do Campo Fluminense, que os aconselhou, a todos os que então se congregavam, (que a esta altura já eram uns dez ou doze), a solicitarem suas cartas de transferência para a Igreja de Três Rios, que, sobre ser a mais próxima, pertencia ao Estado do Rio. Além do que, poder-se-ia, neste caso, organizar um Congregação financeiramente autônoma e que poderia ser auxiliada pela Convensão Batista Fluminense, com a vinda de um seminarista para dirigir os trabalhos.
    Nesta expectativa foi alugada uma casa, na Rua Dr. Sá Earp, de propriedade do Sr. Anísio Guerra, onde funcionava a fábrica de Doces Guerra. As salas da frente eram usadas pela Congregação, e os cômodos restantes, pela família de Francisco Francioni, cuja esposafazia parte do núcleo batista.
    Um ano depois, visando ao maior progresso do trabalho, mudou-se a Congregação para uma loja de duas portas, na Rua 13 de maio. Houve, na época, uma série de conferências dirigida pelo Pastor Fidelis Morales Bentancor, com grande aceitação.
    Por esse tempo, veio residir na cidade das flores, a família Christie, dando novo impulso à obra.
    Pouco tempo depois, no desejo de ver progredir o trabalho, transfere a congregação sua sede para a Rua Paulo Barboza, nº 344. Na frente, preparou-se um salão de cultos, sendo que no restante da casa passaram a residir duas famílias:
Alberto Rodrigues de Oliveira e Deocléio Teixeira de Abreu.
    Nessa ocasião e local, a 22 de agosto de 1926, foi organizada a Primeira Igreja Batista de Petrópolis, com 23 membros, sendo eleito pastor o Dr. A. B. Christie.
youtube30x30 m3-a facebook m3-a vimeo m3-a twitter m3-a podcast m3-a rss
Home | Sobre Nós | Contato
Copyright 2017 - Primeira Igreja Batista de Petrópolis, todos os direitos reservados
Endereço: Rua Paulo Babosa nº 95 - Centro - Petrópolis/RJ - CEP. 25.620-100
Tel.: (24) 2246-0951 - pibpetropolis@pibpetropolis.com.br
Confins da Terra